Qual a importância da marca pessoal para um networking saudável?

Publicado em 21/05/2018

Você certamente já ouviu falar em networking. Aqui no blog da Interno, já reunimos algumas dicas bem simples para cultivar a sua rede de contatos. Mas há nesse artigo um tópico a ser explorado: a importância da imagem e da marca pessoal neste processo.

A autora Diane Darling, no livro "Networking: Desenvolva sua carreira profissional criando bons relacionamentos", afirma que networking é a arte de criar e manter relacionamentos vantajosos. Não devemos confundir isso com o ato de se aproveitar de outras pessoas. Esse senso comum, aliás, é um dos mitos que mais prejudicam o desenvolvimento de um bom networking, já que as pessoas o resumem à bajulação.

Felizmente, como muitos especialistas apontam, estamos na Era da Economia Colaborativa. Neste contexto, a palavra "networking" só ganha um significado ainda mais rico, dado que não podemos colaborar sem aprimorar, continuamente, os nossos relacionamentos interpessoais. Ele passa a exigir um comportamento natural de solidariedade e ajuda recíproca. A comunicação, portanto, é um ingrediente fundamental.

Marca pessoal: aprimorando a comunicação para cultivar uma rede de contatos saudável

Quando temos uma rede de relacionamentos ativa e valorizada, nos desenvolvemos nos âmbitos profissional e pessoal dia após dia. Mas como nutrir essas relações de maneira sadia, trazendo benefícios para ambos os lados?

Como dissemos anteriormente, a comunicação é primordial nesse processo. Para entender como você pode agregar em um projeto, é essencial que você conheça as suas habilidades e como elas podem ajudar outas pessoas. Essa confiança só se desenvolve com um profundo conhecimento sobre si e sobre a sua marca pessoal.

O networking é um jeito de deixar a sua marca pessoal visível. É essencial que você saiba contar ao mundo quem você é.

Paralelamente ao seu cuidado com as suas redes, você precisa investir em atividades que o permitam refletir sobre si e em processos que possibilitem uma expressão mais significativa de suas habilidades e talentos. Uma consultoria de imagem ou o personal branding, por exemplo, pode ampará-lo nisso.

O networking deve ser uma parte complementar do seu trabalho. Contudo, dificilmente as pessoas têm essa visão sobre o conceito, acreditando que o sucesso só será obtido com muitos resultados e lucro. Essas falsas crenças só aumentam o clima nocivo de competitividade no meio corporativo.

Vale lembrar que pessoas dependem de outras pessoas para fazer negócios. Seja lá qual for o seu segmento, você está lidando, fundamentalmente, com gente, o que exige entender e dialogar com as expectativas, anseios, paixões e outras características dela.

Se você quer aprimorar seus relacionamentos interpessoais, trazendo melhorias para o seu e o cotidiano de outras pessoas, lembre-se de Sócrates: conheça-te a ti mesmo e saiba como comunicar a sua marca pessoal! Muitos profissionais podem ajudá-lo neste processo. Como Darling bem coloca, quanto mais ajuda você aceita, maior é o seu sucesso.

Gostou de nosso artigo? Tem alguma dúvida sobre gestão de imagem, marca pessoal e rede de contatos? Entre em contato conosco pelo e-mail contato@internoestilo.com.br

Fotos: Annie Spratt on Unsplash e John Schnobrich on Unsplash