Etiqueta empresarial: seus colaboradores sabem como agir?

Publicado em 04/09/2018

Muitas pessoas ainda sentem apreensão diante do tema etiqueta empresarial, já que ainda o associam a valores supérfluos. O medo não é infundado pois muitos profissionais ainda adotam um tom pedante para abordagem deste assunto. Não dá para negar, contudo, que a etiqueta facilita diálogos e, dentro das empresas, torna-se fundamental para mantê-las em crescimento.

Um estudo realizado pela Universidade de Chicago apontou que as pessoas bem-cuidadas ganhavam 23% a mais do que as pessoas com aparência regular. Ou seja, até mesmo algumas intervenções mínimas na imagem podem provocar grandes mudanças na carreira e, consequentemente, no rumo dos negócios. Veja, a seguir, alguns cuidados para fazer com que a etiqueta empresarial opere a seu favor!


Dissemine cuidados básicos com a aparência

Manter a pele bem hidratada, o rosto limpo e a barba feita contribui com a maneira como somos percebidos. Cuidados simples como a hidratação constante, uso de protetor solar, algumas idas ao barbeiro e manter as unhas aparadas e limpas já colaboram com a imagem do colaborador e não exigem muito esforço ou investimento.

Como já disse aqui no blog, cada colaborador é um reflexo dos valores de uma companhia. Por isso, é tão importante ajudá-lo a fazer parte e disseminar a cultura de sua empresa. Se a mensagem de sua companhia não está clara para todos os colaboradores, é hora de lançar um olhar interno para as suas práticas de comunicação!


Tenha atenção ao contexto

Antes de se vestir, um profissional precisa entender em qual contexto ele está inserido. Um ambiente formal demanda não só maior intimidade com a alfaiataria como também mais cuidados com os cabelos e com normas de etiqueta. Para que esses códigos não operem pela exclusão, é preciso que a sua empresa facilite a relação entre os colaboradores e esses requisitos. Nem todas as regras estão escritas, e justamente por isso, é preciso que estejamos disponíveis para amparar a adaptação uns dos outros.

Atenha-se à linguagem corporal

O corpo fala. Por isso, é tão importante utilizar a linguagem corporal a seu favor. Como convencer um investidor a fomentar o seu negócio se o seu corpo denuncia sua insegurança, por exemplo?

A linguagem corporal varia também de acordo com as regras culturais. Gestos e expressões não verbais são interpretados de múltiplas formas dentro de uma mesma região, país ou empresa. Por isso, é necessário observar e se informar para alcançar diálogos fluidos.


Invista em autoconhecimento

Um empreendedor que sabe de suas competências e limitações foca no próprio desenvolvimento. Quando você tem consciência dos sinais que emite, consegue fazer com que eles operem a favor do tipo de informação que deseja partilhar. Por isso, uma empresa deve focar, continuamente, na capacitação de seu corpo de funcionários.

Um profissional bem capacitado pode ajudar a sua equipe nessa missão. Em meu trabalho estratégico, começo o processo de gestão de imagem instigando perguntas nos clientes, desconstruindo ideias e abrindo caminhos para os diferenciais deles. Essas perguntas partem deles mesmos, já que cada pessoa e cada empresa têm as suas particularidades. Quem detém a resposta sobre a imagem é o cliente. O consultor é apenas um agente neste processo, mesmo sendo o conhecedor da técnica.

Quer entender como fortalecer a etiqueta empresarial em sua companhia, indo além do discurso? Entre em contato conosco!

Fotos: Rawpixel e Bruce Mars on Unsplash