3 dicas para descobrir seu próprio estilo

Publicado em 16/04/2018

"A moda passa. O estilo permanece."

A lenda diz que Coco Chanel foi a responsável por uma das expressões mais entoadas entre consultores de estilo. Mas o que você definiria como uma pessoa que tem estilo? Alguém que imprime a própria personalidade nas peças? Que sabe exatamente o que comprar? Ou quem sabe combinar as peças como ninguém?

Quando fazemos o exercício de nos conhecer dia após dia, seja através da terapia, de nossas leituras, das percepções de quem nos rodeia ou de momentos de meditação, conseguimos definir com mais precisão o que somos, as nossas propostas e como expressá-las visualmente. Afinal, o primeiro passo para construir um discurso coerente é saber o que dizer.

O estilo pessoal é uma poderosa ferramenta para mostrarmos ao mundo quem somos. Trata-se de uma verdadeira narrativa, responsável por contar às pessoas como nós desejamos ser vistos. Se você quer entender melhor o seu estilo e aprender a se expressar com autenticidade, acompanhe nossas dicas!


1. Entenda que estilo pouco tem a ver com dinheiro

Falta de dinheiro é uma das desculpas mais usadas por pessoas que têm algum receio em relação à imagem. Contudo, essa é uma inverdade, como bem demonstrou a própria Coco Chanel, que passou uma infância bastante restrita na França. Ela costumava dizer que "não é a aparência, é a essência. Não é o dinheiro, é a educação. Não é a roupa, é a classe."

Um dos melhores exemplos disso é Nataly Néri. Engajada com as pautas sociais e ambientais, a dona do vlog Afros e Afins compra a maioria de suas peças em brechós e as reforma. A produtora de conteúdo esbanja estilo em produções arrojadas, com onipresentes tons terrosos!

2. Observe o que você gosta de usar

Retire todas as suas roupas, sapatos e acessórios de seu armário e os separe em três categorias: os que você usa com frequência, os de ocasiões especiais e o que você não usa. Verifique se há um padrão entre as peças de uma mesma categoria.

Se você observar, por exemplo, que está deixando de usar peças em tons de cinza, não adianta insistir nessa cor nas próximas compras.

Depois de separar os itens "encostados", desapegue! As roupas precisam circular e viver novas histórias.


3. Investigue suas referências

Pense nas pessoas que você mais admira. Como elas se vestem? Elas possuem uma rotina semelhante à sua? Se não, verifique quais adaptações podem ser feitas.

Uma ótima dica para entender o que realmente te inspira é ir além do Pinterest e do Instagram. Preste atenção em filmes, editoriais de revistas, em seus familiares mais próximos e colegas de trabalho. Esse olhar mais voltado para o #interno é um dos principais ingredientes para alcançar uma expressão autêntica!

A jornada para entender seu estilo pessoal é uma questão de consciência: passa pelo entendimento dos lugares que você frequenta, pela posição que você ocupa no trabalho, pela mensagem que deseja passar, entre outros.

Qualquer seja a sua idade, gênero ou poder aquisitivo, descobrir o seu próprio estilo pode ser uma tarefa mais leve, divertida e com propósito, especialmente quando você conta com profissionais de consultoria de imagem capacitados. Trata-se de um exercício contínuo, pois o estilo evolui junto de nossas experiências e com as ferramentas aplicadas durante o processo de consultoria. E você, já se preparou para embarcar nessa aventura? Conheça as possibilidades oferecidas por nossos serviços: entre em contato conosco pelo e-mail contato@internoestilo.com.br ou nos envie uma direct no @internoestilo, lá no Instagram!

Foto: Daniel Apodaca on Unsplash